Apoios para criar a sua empresa

Têm uma ideia de negócio mas falta-lhe o capital necessário para investir?

Atualmente, caso esteja desempregado e pretenda criar o seu próprio emprego, existem algumas opções de combate ao desemprego que lhe permitem conseguir o capital que necessita para abrir o seu negócio independentemente da área de negócio.

É possível o enquadramento nos apoios do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP):

PAECPE

Programa de Apoio ao Empreendedorismo e Criação do Próprio Emprego

A quem se destina:

Inscritos nos Centros de Emprego numa das seguintes situações:

– Desempregados inscritos há 9 meses ou menos, em situação de desemprego involuntário ou inscritos há mais de 9 meses, independentemente do motivo da inscrição

– Jovens à procura do 1.º emprego com idade entre os 18 e os 35 anos, inclusive, com o mínimo do ensino secundário completo ou nível 3 de qualificação;

– Quem nunca tenha exercido atividade profissional por conta de outrem ou por conta própria;

– Trabalhador independente cujo rendimento médio mensal, no último ano de atividade, seja inferior à retribuição mínima mensal garantida;

Nota: É possível cumular com a Antecipação das Prestações de Desemprego que têm a receber, e caso este valor não seja suficiente cumular com este apoio financeiro.

Este apoio consiste num empréstimo com juros bonificados e um prazo alargado de reembolso (7 anos na sua totalidade), em que o 1º ano é de carência total e no 2ª ano carência de capital (apenas paga o juro).

Apoios: O montante máximo de financiamento é de 50.000 euros por cada promotor que crie o seu posto de trabalho a tempo inteiro, até um máximo de 2 colaboradores. E financia entre 95% a 100% do investimento total necessário (dependendo do valor necessário de investimento).

Despesas Elegíveis: São elegíveis todas os investimentos necessários desde que devidamente justificáveis. A excepção de despesas com a aquisição de imóveis e as operações que se destinem a reestruturação financeira, consolidação ou substituição de créditos e saneamentos.

 

INVESTE JOVEM

Este apoio destina-se a desempregados inscritos no centro emprego, com idades entre os 18 e os 30 anos, que possuam uma ideia de negócio viável.

Apoios: O montante máximo de investimento do projecto não poderá ultrapassar os 42.132 euros. Funciona como um empréstimo sem juros + Prémio apoio financeiro não reembolsável (ou seja este prémio é dinheiro que não têm que devolver) no valor de 2.527,92 € por destinatário promotor que crie o seu posto de trabalho a tempo inteiro.

Quanto ao financiamento será atribuído um apoio financeiro até 75% do investimento elegível.

Despesas Elegíveis: são todas as que foram justificáveis como necessárias ao seu negócio, sendo que despesas com a aquisição de imóveis e com a construção de edifícios não são elegíveis.

O primeiro passo para conseguir avançar para um destes apoios, é começar por definir os investimentos que são necessários e o montante necessário para cada um deles.

Em segundo lugar será começar com a Elaboração do Plano de Negócios, este documento é que irá permitir conseguir a aprovação do seu projeto!

Saiba como em: //leopardo.pt/como-elaborar-um-plano-de-negocios/

Boas ideias e bons negócios!

The following two tabs change content below.
Catarina Ribeiro

Catarina Ribeiro

Licenciada em Marketing pelo Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Instituto Politécnico do Porto. Possui o certificado de competências pedagógicas e as principais áreas de formação são Marketing e Vendas. Atualmente exerce funções de consultoria na área do Marketing e Comunicação.
Catarina Ribeiro

Últimos posts de Catarina Ribeiro (ver todos)

Sobre o Leopardo.pt

O Leopardo.pt nasceu da necessidade da existência de um portal de informação destinado a ajudar empresários, empreendedores, e em geral, todos os que se interessam pelas temáticas da Gestão e da Contabilidade, fundamentais no mundo dos negócios.
© 2015 Leopardo.pt | Todos os direitos reservados

Newsletter

Back to Top