Como elaborar um Plano de Negócios

O Plano de Negócios (PN) é um documento que sistematiza a informação sobre qual é a nossa ideia de negócio, como tencionamos implementá-la e quais os resultados que esperamos obter
Deve ser elaborado pelo empresário, o qual deve solicitar a colaboração de especialistas externos, em matérias como a vertente financeira e a viabilidade económica do projeto.

O PN é concebido essencialmente para captar fundos que viabilizem o nosso projeto junto de potenciais investidores como sejam os Bancos, Instituições Oficiais, eventuais Associados, Sociedades de Capital de Risco e Investidores Particulares.
Pode ser também um elemento importante em negociações para obtenção de financiamento para um investimento em concreto, para conquistar Fornecedores ou angariar grandes Clientes e assim conquistar quotas de mercado, ou simplesmente servir de base a um planeamento estratégico interno.

A elaboração do PN pelo potencial empresário, com a colaboração das pessoas que irão fazer parte da sua equipa, vai permitir levantar uma série de questões relativas ao negócio e posteriormente obter resposta a essas mesmas questões.
Em suma o objetivo é “vender” a imagem do empresário e do seu projeto.

Dicas práticas sobre o PN

Para que os objetivos sejam atingidos deve o PN ser elaborado a pensar a quem é dirigido. Deve-se portanto ter em conta alguns conceitos práticos que se apresentam de seguida:

Assegurar a facilidade de leitura: o PN deve ser claro e conciso, não sendo demasiado extenso e complexo. A maior parte dos destinatários já tem outros documentos para analisar e o tempo de análise é reduzido, pelo que se deve analisar o que é essencial. Se a complexidade e especificidade do negócio o exigir deve-se incluir um glossário com os termos técnicos.

Dar um aspeto profissional ao documento: A apresentação do PN ao nível da qualidade do papel e impressão é a primeira imagem que os leitores terão da empresa. Um PN consistente e bem estruturado com a inclusão de um índice e numeração das páginas é o primeiro indicativo que estamos a construir um negócio coerente e viável.

Evidenciar a qualidade dos elementos da empresa: devemos demonstrar que a equipa é composta por pessoas qualificadas e de grande credibilidade, com conhecimentos técnicos capazes de dar resposta às adversidades com que o negócio se irá deparar. Devemos incluir por isso em anexo o currículo dos principais elementos destacando as suas realizações.

Apresentar uma abordagem focada no mercado alvo: Apresentar o plano direcionado para a forma como o produto ou serviço irá satisfazer as necessidades do mercado.

Demonstrar que o negócio é um sucesso: deve ser realçado qual o fator crucial para o sucesso e quais as características que lhe dão vantagem competitiva face aos concorrentes atuais e potenciais (por exemplo a qualidade do produto ou a excelência do serviço, a boa localização, boas relações com clientes, bons contactos).

Referir os riscos do negócio: Os investidores sabem que não existem negócios perfeitos, por isso para além de indicar os pontos fortes e as oportunidades de mercado o plano deve referir eventuais pontos fracos e ameaças externas. A referência aos riscos e a indicação de como os prevenir e minimizar é um fator de credibilização da empresa perante os investidores pois revela que os responsáveis da empresa são realistas e têm consciência das dificuldades.

Apresentar estimativas e projeções realistas: O PN deve ser realista quanto à capacidade da empresa e o potencial de mercado dos seus produtos ou serviços. As estimativas relativas à dimensão do mercado, volume de vendas e quota de mercado esperados não devem ser excessivos sem fundamentação nem se deve indicar por defeito indicadores como custos de produção, o número e dimensão dos concorrentes.

Obter uma revisão crítica: antes de se concluir a elaboração do plano de negócios, devemos mostrá-lo a pessoas próximas ao negócio e cujo julgamento e sugestões críticas e fundamentadas poderão ser relevantes para corrigir ou melhorar um ou outro aspeto que foi planificado. Assim estarão reunidas as condições para a concretização de um plano perfeito.

Como elaborar um Plano de Negócios de sucesso

Dado que um dos principais objetivos do plano de negócios é “vender” a imagem do empresário e do projeto, há um conjunto de aspetos que, não obstante o carácter pessoal deste documento, necessariamente o deverão integrar.
São esses aspetos, que deverão constituir a estrutura do PN, e que poderão ser analisados na apresentação Como elaborar um Plano de Negócios de sucesso.

The following two tabs change content below.
Luís Santos

Luís Santos

Licenciado em Contabilidade e Administração pelo ISCAP - Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto e com Pós-Graduação em Engenharia de Serviços e Gestão pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, desenvolveu toda a sua experiência profissional na consultoria à criação, desenvolvimento e financiamento de negócios na área de empreendedorismo.
Luís Santos

Últimos posts de Luís Santos (ver todos)

Sobre o Leopardo.pt

O Leopardo.pt nasceu da necessidade da existência de um portal de informação destinado a ajudar empresários, empreendedores, e em geral, todos os que se interessam pelas temáticas da Gestão e da Contabilidade, fundamentais no mundo dos negócios.
© 2015 Leopardo.pt | Todos os direitos reservados

Newsletter

Back to Top