Como transformar a minha ideia num negócio?

Cada vez mais, o conceito de empreendedorismo está presente nas nossas vidas, e somos confrontados todos os dias, com a criação de novas empresas e de novos negócios, dando-nos a ideia de estarmos rodeados de empreendedores.

Mas não nos devemos enganar… nem todos os empresários são empreendedores.

Para criar uma empresa, e ser-se empresário, bastam 5 passos. Mas, se estivermos a falar de um empreendedor já não é assim.

Um empreendedor preocupa-se em fazer da sua ideia um negócio rentável, com retorno do investimento e com um potencial de crescimento. Existem algumas dicas que facilitam o alcance destes objetivos.

Primeiro, há que definir muito bem o Modelo de Negócio. E o que precisamos de saber para esta definição? Várias coisas que exigem uma perceção muito clara daquilo que queremos realmente fazer:

  1. Quais serão as atividades que vamos desenvolver?
  2. Em que é que essas atividades acrescentam valor aos nossos potenciais clientes?
  3. Que recursos é que vamos precisar para desenvolver essas atividades?
  4. Quem serão os nossos parceiros de negócio?
  5. Qual o segmento de clientes que pretendemos atacar?
  6. Como nos vamos relacionar com os nossos clientes?
  7. Que canais de distribuição vamos ter para fazer os nossos produtos/serviços chegarem aos nossos clientes?
  8. Quais serão os nossos custos?
  9. Quais serão as nossas receitas?

A resposta a todas estas questões é imperativa, sem as quais não estaremos em condições de avançar com qualquer tipo de investimento para determinado negócio.

Assim sendo, antes de avançar com qualquer tipo de negócio, que exige sempre algum investimento inicial, preocupe-se em perceber se sabe realmente aquilo que fazer, respondendo a estas questões.

De seguida, há que estruturar toda esta informação e perceber se este negócio que já está definido é viável ao nível económico e financeiro. Como o podemos fazer? Através da elaboração do respetivo Plano de Negócios.

O Plano de Negócios é um documento onde estará sistematizada toda a informação relativa ao negócio, nomeadamente, qual a ideia de negócio, como a tencionámos implementar, e quais os resultados que esperamos obter.

 

Um Plano de Negócios completo deve abordar os seguintes temas:
  1. Apresentação da Empresa, que deverá abordar rúbricas como o nome e descrição da empresa, a forma jurídica escolhida, os objetivos fundamentais, o conceito do negócio, bem como as expetativas de crescimento;
  2. Análise do Produto/Serviço, que deve conter uma descrição dos produtos e serviços da empresa, indicando quais os pontos de diferenciação face aos já existentes no mercado;
  3. Equipa de Gestão, onde devem ser apresentados todos os gestores e colaboradores da empresa;
  4. Análise de Mercado, que consiste na identificação do mercado alvo e do tipo de segmento de clientes que pretendemos abordar;
  5. Estudo dos Consumidores, tentando perceber quem compra o nosso produto/serviço, quanto compram, quanto pagam, como pagam, porque compram e como são motivados para a compra;
  6. Estudo da Concorrência, tentado perceber quem vende, que produtos vendem, como vendem, quanto vendem e quais as formas de promoção das vendas;
  7. Estratégia de Marketing, onde devemos descrever a estratégia global do marketing e as diversas vertentes do marketing-mix;
  8. Análise Financeira, que deverá conter um plano de investimentos e de financiamento, um plano de exploração previsional, um plano previsional de tesouraria, bem como a análise de viabilidade económica do projeto que se pretende executar.

Este documento deve ser o mais claro e conciso quanto possível, o que muitas vezes é difícil, tendo em conta a quantidade de informação necessária, sendo por isso, um documento geralmente elaborado com a colaboração de consultores experientes.

Conseguido o documento, abordando todas as rúbricas mencionadas, e conseguindo bons indicadores da viabilidade do negócio, podemos afirmar que estamos perante um negócio pronto a implementar. Depois é pensar no investimento necessário, e como o vamos financiar!

The following two tabs change content below.
Telma Sousa

Telma Sousa

Licenciada em Contabilidade e Administração pelo Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Instituto Politécnico do Porto. Especialista na elaboração de planos de negócio e estudos de viabilidade económica. Elabora e acompanha candidaturas aos fundos comunitários.

Sobre o Leopardo.pt

O Leopardo.pt nasceu da necessidade da existência de um portal de informação destinado a ajudar empresários, empreendedores, e em geral, todos os que se interessam pelas temáticas da Gestão e da Contabilidade, fundamentais no mundo dos negócios.
© 2015 Leopardo.pt | Todos os direitos reservados

Newsletter

Back to Top